Friday, April 20, 2007

O segredo da felicidade

Claramente, muitas pessoas hoje em dia estão interessadas em felicidade:
Como ser feliz? ... Por que algumas pessoas são mais felizes que outras? ...

Você me entende.

Uma das teorias da felicidade mais intrigantes que encontrei é esta, apresentada em uma edição recente do "British Medical Journal", ou BMJ. Ela afirma que os dinamarqueses são mais felizes que os outros europeus, apesar de a Dinamarca se classificar no topo do tipo de coisas geralmente associadas a uma população infeliz: mau tempo, comida ruim e alto consumo de álcool.

Então qual é o segredo? Baixas expectativas.

"É uma coisa de Davi e Golias", disse Kaare Christensen, um dos autores do estudo em um artigo recente no "New York Times". "Se você é um sujeito importante, espera estar no topo o tempo todo e fica decepcionado quando as coisas não vão bem", acrescentou Christensen. "Mas quando você está lá no fundo, como nós, você vai levando, não espera muita coisa e de vez em quando ganha e é muito melhor."

Essa teoria faz sentido para mim, assim como faz sentido que as pessoas que ganham alguns milhares de dólares a mais que seus colegas dizem ser mais felizes do que se ganhassem mais dinheiro, mas menos que seus colegas.

Assim como muitas coisas na vida, a felicidade relativa pode ser muito mais importante - ou pelo menos mensurável - do que a felicidade absoluta.

Stephen J. Dubner

1 comment:

João Batista said...

È por isso que eu amo a escandinávia. Eles são simples, e não tolos e infantis como latinos e americanos.