Saturday, June 06, 2009

Aquele instante não se conta. O teu cheiro existe somente naquele quarto, o teu beijo existe somente naquele fato e teu sorriso, somente naquela foto. Não posso voltar lá... "Desculpe, o seu amor não se encontra". Não volte mais. Não volte atrás. Passado é passado. As portas não se abrem, elas apenas guardam. Meu vazio ganha espaço com o tempo, é tudo um tanto quanto lento. Vai se distanciando do alcançável. Até que eu me canse e aquele instante... descanse em paz.
KP

2 comments:

eu, vanessa. said...

Difícil é deixar de remoer o tal instante, deixá-lo descansar em paz.


Um dia deixamos.


Beeijo
:*

noelle said...

bem bacana.
o peso e a importancia das coisas vem com o tempo, e cai diferente em cada uma delas.

deixe que descanse em paz, deixe.