Tuesday, July 14, 2009

Sou piegas.
Já te disse que faço as coisas meio sem gosto.
Você diz que gosta assim mesmo.
Deve ser você um grau mais avançado de pieguice.
Que dá até piedade.
Como pode? Alguém ser melhor do que eu piorado?
Para sempre haverei de te admirar errado.
Chega um momento que até me confundo.
Assim como você confunde minha lentidão com meiguice.
Juro que queria te entender mais rápido.
E reparar os meus atos rebeldes sem raspar do fundo do pote os fatos.
Mas se eu erro e não percebo você também passa batido.
Nós somos dois tranquilos fracassados.
Já está pra amanhecer e sequer dormimos juntos.
Pra quem diabos eu vou dizer:
Você gosta dos ovos mexidos ou mal passados?
Passo o tempo catando os minutos como piolhos na cabeça do mundo.
E sou quem já está se descabelando.
Quando é que você virá pra consertar o pinga-pinga aqui onde moro?
E quando é que você virá consertar minha vida onde moras?
Não tenho mais de quem rir, com quem rir. Eu sempre rio de você.
Não tem quem me dê agonia quando troca frustrante por frustante.
Pareço até uma velha solitária nessa rede armada no quarto.
Você era uma boa desculpa para o balanço e para os amassos.
Mas...você diz que sou uma chatice.
Ninguém te completa como eu. Até sua mãe já disse.
Alguém tem que fazer o trabalho sujo né?
Alguma idiota tem que ser útil e impor as regras.
Regra número um: Que seja eterno enquanto duro.
Regra número dois é mais uma piada piegas.
Quando casarmos não aluarei em cabanas de Bora Bora.
Quando casarmos me perderei em Vegas.
Não tenho vontade de casar na verdade
Eu sempre quis que você fosse o meu pé-de-lã
Que entra e sai caladinho
E me beija com gosto de hortelã
O que mais gosto em você é que você é ateu
Não torce para time nenhum.
A sala é somente para assuntos urgentes:
Me jogar no sofá e a TV ligar só.
Tem coisa melhor do que nós dois?
Pessoas finas e sem sentido a sós.
Ficaremos ricos juntos:
Rolls Rice será uma nova marca importada de arroz.
Agora me peça qualquer coisa que eu te faço.
Fazer com jeitinho? Mas sem piúbas no final?
Eu nem gosto do jeito que você me pede as coisas.
Parece até que é má vontade e sempre a esmo.
Farei de um jeito bem piegas.
Vai dizer que gosta assim mesmo...



KP

1 comment:

Nayara Fontenelle said...

Amei o post.
adoro seus textos, a forma como escreve.